LUIZ CARLOS

LUIZ CARLOS
OLÁ! SEJA BEM VINDO/a AO DENTRO DA MINHA CABEÇA! SINTA-SE A VONTADE PARA PARTICIPAR, DEIXANDO O SEU COMENTÁRIO!

domingo, 7 de setembro de 2008

Retrovisor.


Não morri de tédio,
e não morri de frio...
Mas morri de medo
que isto acontecesse!

Tornei-me refém da tristeza,
e refém do acaso.
E refazendo Minha trajetória,
Vejo que escapei por pouco...

Andei por um bom tempo,
quase louco...
Meio fraco da memória !

Quem me viu ontem
e me revê agora,
passa por mim pela primeira vez...

Também não me reconheço
em meio ao que já sofri na vida!
Vou arrancar o retrovisor do tempo...
Não me acrescenta nada!

LUIZ CAIO.

7 comentários:

Mandy disse...

Amore tô de volta aki no blog...

^^

saudades de ti...
malz pela demora para responder!

BjO.

Tiago Soarez disse...

Muito bom, Luiz!

Passando aqui para desejar uma ótima semana!

Abração

Bossa Nova Café

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Oi, Luiz! Obrigada por teres confiado na tua intuição.É assim mesmo, vamos tentando novos caminhos e conhecendo novos amigos. Esse seu poema é super criativo, de repente, a vida tem um retrovisor...Uma ótima semana!

JOICE WORM disse...

Caio, você está cada vez melhor nos seus textos.
Gostei da ideia de tirar o retrovisor da vida. Também vou fazer o mesmo, apesar de nunca o ter limpo muito bem. O mesmo andava embassiado de tal forma que o passado era dificil de vislumbrar (risos).
Obrigada por seu coment. Viu só? No inicio fiquei um pouco magoada, mas depois entendi que ele não leu com a mesma intenção com que eu escrevi... Deixa lá. Acho que lhe deixei uma boa explicação.
Desculpe a demora de vir ao "Dentro da minha cabeça". Estive escrevendo para Concursos Literários (5) e só ontem acabei.
Parava para colocar uma postagem nova e pouco mais. De resto era só escrever crônicas e textos em espanhol... Adoro!
Vou já procurar mais Concursos...
Beijos Caio!

Soraia Barbosa disse...

Olá Luiz!
Tudo bem?

Olha, muito obrigada pela visita em meu blog, seja sempre bem vindo!

Adorei vir aqui no seu espaço também!

Um abraço!

EternaApaixonada disse...

Luiz Caio,

estou fazendo um tour pelo seu blog...
Terei de ter muito mais tempo para ler, apreciar, absorver...
Mas este em especial tocou profundamente minh'alma!
Momentos em que a identificação humana se encontra em palavras, metáforas, expressões suaves para amenizar o que está dentro do coração...
Como ainda não li tudo, este ficou como o meu favorito até agora... Pelos motivos citados.
Com sua permissão o levarei para meu blog para divulgá-lo, evidente com os devidos créditos.
Grande abraço! Helô

paula barros disse...

Luiz Caio

Qual forte escreves.
As vezes é preciso arrancar o retrovisor para olhar para frente e seguir.
Mas as vezes ele nos sinaliza o quanto somos fortes, guerreiros, e nos mostra que o que vier pela frente será sempre enfrentado com garra, determinação e cabeça erguida.
Pois o passado nos ensinou isso. E felizes os que tiveram algum passado doloroso, sofrido e pode chegar onde chegou, pois o futuro sempre será enfrentado com força.

abraços