LUIZ CARLOS

LUIZ CARLOS
OLÁ! SEJA BEM VINDO/a AO DENTRO DA MINHA CABEÇA! SINTA-SE A VONTADE PARA PARTICIPAR, DEIXANDO O SEU COMENTÁRIO!

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Overdose de sonhos.


Dei um beijo na solidão,
e um abraço na tristeza...
Companheiras inseparáveis na vida,
que me arrastava e me vivia...

Abriu-se o mundo à minha frente,
e estendi a mão à felicidade.
E mesmo não podendo alcançá-la,
senti que não estava distante...

Percebi que poderia, se me permitisse.
E permitindo-me, sei bem o que não quero...

Não quero mais overdose!

Nos sonhos eu dei um tempo,
para desintoxicar o espírito...
Só inventarei um sonho novo,
depois de me acertar com os que já tenho!

Luiz caio.

26 comentários:

Tiago Soarez disse...

Muito Bom, Luiz!

Também vou te incluir na minha lista de blogs favoritos!!!

Abração!

Bossa Nova Café - textos, música e arte!

Sonia Regly disse...

luiz,
Obrigada pelo email, ainda não vi, pois estou em outro computador, mas daqui há pouco vou ler .Obrigada vc é um amigão.O que depender de mim, conte comigo.Beijos.

Edna Federico disse...

Ótimo!
Overdose nunca é bom, até mesmo de sonhos e sentimentos.
Beijo

By Maria disse...

Oiii
Vejo que conseguiu linkar o blog, obrigada.

Olha tem um selo pra vc lá no blog
Um abraço

Sonhadora... disse...

Vc tá certíssimo, sonhar é muito bom, mas um de cada vez, né...e deixar livre nossos sonhos é uma maneira de se libertar.

um grande beijo e uma semana lindinhoa prá ti!

Corações & Segredos disse...

Meu querido amigo!
Obrigada pelo carinho e visita.
Vc ja esta lincado no meu blog.
Desejo que sua semana seja perfumada como as flores da primavera!
Carinho de RO!

By Maria disse...

Oiii

Vc pode copiar como imagem e depois passar para seu blog.
Abraços

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Oi, amigo!
Puxa, já me desintoxiquei da chatice daquela "turminha de chatos" só em ler seu poema...Sabe, eu tenho vontade de te linkar também, mas isso facilita a vida daquele "pessoalzinho" e ando até querendo acabar com os links. Mas se não tiver condição de te procurar no teu novo post (o meu só sai uma vez por semana e olhe lá!), pode entrar lá e só dizer: Vanuza ou Van, vem cá! E virei aqui com a maior alegria, pois sei que estarei em companhia de um Poeta e Amigo de caráter e qualidade.
Eu sei que estamos todos, e me incluo, longe de sermos "anjinhos" e que a net evidencia muito as tendências positivas e negativas também, mas não exageremos, risossss...Como falei lá e uma Amiga, a Miriam, disse que riu muito, isso só pode ser coisa de CHATO (A) e como prometi a ela, prometo a você também, vou trazer no próximo post um texto sobre os chatos, mas não é uma chatice, rsss...Tô indo, não quero ser chata! Obrigada, hein? Bjssss

Sonia Regly disse...

Coloquei um lindo Post sobre Monet sua hostória e sua pintura.Beijinhos.

sp disse...

Um abraço e um sorriso...

Gosto dessa sensibilidade!

Carla disse...

nostálgico, mas muito bonito
beijos

JOICE WORM disse...

Um sonho é um sonho. Jamais poderá ser outra coisa. E quando se realiza... parece um sonho!

*Nati* disse...

Olá Luís! linda overdose,mesmo não querendo o beijo da despedida em ti, eu jamais ficaria na solidão,mesmo que o fim fôsse o hoje,minha overdose de amor tem um grande fervor,em teu louvor.

Adorei e me deu uma inspiração.
deixo aqui o meu abraço e vou linkar vc tb.Xau

Sonia Regly disse...

Luiz,
Coloquei uma linda Postagem sobre MONET, sua obra e sua arte.Passe por lá, sua visitinha é um prazer!!!!!Beijinhos de primavera!!!!!

Camilla disse...

Oiii...

Uá, linkar é simplesmente pegar o endereço do meu blog e colocar em sua lista, como eu já vi muitos aqui no seu blog...rsrsrsrs.

Talvez n conhecia a expressão, né?!

Muito lindo seu poema, cada vez que venho aqui fico mais maravilhada.

=)

Baby disse...

Oi Caio, venho retribuir a visita gentil e aproveito para te dizer que estás no bom caminho... não há como "dar um tempo", deixar a poeira assentar e nada de overdoses...ah ah ah! Nada é para sempre, nas nossdas vidas.
Um beijo amigo.

Camilla disse...

Ahhhh, igualmente! É sempre muito bom passar por aqui, e sei que o que vc escreve ainda trará muitos ensinamentos para minha vida.

Que bom que agora descobriu como linkar, e muito obrigada por me linkar tbm.

Vc já está linkado!

Abração!

Até!

=)

Pati disse...

Oláa,Vim te visitar..lindos poemas vc tem aqui.Beijuss

"Hoje, confesso, acordei com vontade de ser feliz.
Amarrei, até, no pulso o amor-perfeito
que foi secando no meu peito e retomei a velha máxima:
não deixar que qualquer angústia atinja o coração.
Um castelo de areia, é tudo quanto quero
para acostar o meu barco de papel."

( Graça Pires )

Rose disse...

Obrigada sempre pela visita, ok?

Rose disse...

Ops!vou incluí-lo em minha lisa, lá só tem pessoas inteligentes e está faltando vc.Um grande beijo carinhoso.

Sonia Regly disse...

O email não chegou, vc pode mandar de novo:
sonia.regly@gmail.com
Obrigada

Zek disse...

muito legal tua escrita... é o que eu chamo de poesia sentida de alma sofrida!! vou ler as demais e comento aos poucos!!

By Maria disse...

Oi Luiz

Conseguiu linkar o seu né...
Abraços

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Luís, belíssimo poema, embora pense que estejas um pouco triste... Ânimo meu Amigo!
Quando precisares de um ombro, aqui está o meu!...
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Rose disse...

Só passei para lhe deixar um beijo bem carinhoso, viu?

RAMOSFOREST.ENVIRONMENT disse...

Sonhar com os pés no chão.
Essa é a conclusão e o devido.
Muito bom seus poemas.
Luiz Ramos

Visite meu outro blog:
http://www.ramosforestenvironment.com/