LUIZ CARLOS

LUIZ CARLOS
OLÁ! SEJA BEM VINDO/a AO DENTRO DA MINHA CABEÇA! SINTA-SE A VONTADE PARA PARTICIPAR, DEIXANDO O SEU COMENTÁRIO!

domingo, 14 de setembro de 2008

Nosso amor morreu...


Haveria distância capaz de
Afastar seu pensamento e o meu ?
Haveria oceanos ou desertos,
grandes o suficiente para separar-nos ?

Não... Não haveria um mundo inteiro
entre nós, que pudesse apagar o que sentia-mos!
Nem mesmo Deus,se assim desejasse, poderia !...
Sem que se infligisse às leis divinas...

O amor que nos envolvia era nosso.
Nada, e ninguém mais, Poderiam destruí-lo !...
A nós, cabia cuidá-lo... Cultivar sua presença!
Precisava-mos apenas manter-lo vivo... Apenas isso !

Nada, nem ninguém poderiam fazê-lo!... Era nosso!
Nossa vida... A vida de um imenso amor em nossas mãos !
Nos amávamos tanto!... Em que continente ? Em que país ?
Em qual ponto desta história, nos perdemos ?...

LUIZ CAIO.

12 comentários:

Sonia Regly disse...

Olá!!! Estou sentindo saudades da sua presença lá no Blog. Têm post novo, apareça por lá!!!!!

Vivian Mag disse...

...amor não morre...transforma-se em saudades, lembranças, desilusões, aprendizados, e a certeza de que tudo valeu a pena...obrigada pelas palavras carinhosas que deixastes lá em casa...muahhhhhhh

Rose disse...

Obrigada pela visita, espero vê-lo sempre em meus espaços.Adorei seu comentário, viu?Cara sensível e inteligente.
Um grande abraço.

Tiago Soarez disse...

Luiz,

Muito bonito, viu...

E como a Vivan disse, Amor não morre, transforma-se.

Abração

Bossa Nova Café - textos, música e arte!

Sonhadora... disse...

Lindo poema, mas é difícil opinar sobre relacionamentos.

bjos muitos prá ti e ótima semana!

EternaApaixonada disse...

Começando minha segunda feira em grande estilo!
Obrigada pela visita e gentis palavras!
Eu é que estou encantada em conhecer mais um poeta! Que lindo seu blog!
Além da poesia sua prosa é suave e cativante!
Já favoritado para retornar sempre!
Tenha uma ótima semana, bem inspirada!
Beijos da Helô

Ivone disse...

Tudo se acaba,até a vida.Porque não o amor.Estou aqui.

Sonia Regly disse...

Obrigada pela doce visitinha.Gostei muito!!!! Esse seu Espaço continua lindo e aconchegante, pretendo colocar outros textos seus, ok???? São muito bons!!!!Beijinhos

Mcarey disse...

Infelizmente o amor morre....mas isso ocorre quando as pessoas acham que já o conquistaram de vez, que por isso o romantismo não precisa continuar. Lamentável. O amor é como uma flor...além de delicado, deve ser regado diariamente para que deles surjam lindos frutos, e assim a vida continua. Quem não sabe regar, está programado a viver na solidão.

Baby disse...

Estou de acordo com o comentário anterior de mcarey: o Amor é algo tão delicado e exige tantos cuidados, que não pode ser descurado um só dia. Mas todos somos imperfeitos, por isso vamos perdendo um pouco de nós, a cada hora que passa...

Um abraço amigo.

poeTIZA :) disse...

ah o amor..
ele q nos cerca nos consome nos impede de voar...
nos fere
nos mata.
triste neh?
mas nem sempre eh assim.
engano meu.

Edna Federico disse...

Luiz,

Adorei o poema, de uma sensibilidad ímpar.
Muito obrigada pela visita e comentário, volte sempre, pois com certeza voltarei aqui.
Beijo