LUIZ CARLOS

LUIZ CARLOS
OLÁ! SEJA BEM VINDO/a AO DENTRO DA MINHA CABEÇA! SINTA-SE A VONTADE PARA PARTICIPAR, DEIXANDO O SEU COMENTÁRIO!

terça-feira, 9 de junho de 2009

Não sei...


hoje eu não sei bem o que dizer!
As emoções estão meio confusas!
Eu me perdi no meio do caminho
e não sei direito o rumo que devo tomar.
Mas mesmo assim, sem saber, eu sei...
É preciso que se dê alguns passos!
É preciso manter a chama acesa.
É preciso manter você por perto...
É preciso dizer o que eu não sei !

LUIZ CAIO

15 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO LUÍS, BELÍSSIMO POEMA...ADOREIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII.
ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANDINHA

Alice disse...

Lindo !! é preciso vir aqui e ler, e reler, e ler novamente , e se encantar sempre...


beijosssssss

paula barros disse...

Humm, confuso? As vezes isso não é bom, ou é um bom sinal. É melhor ficar mesmo atento aos seus sentimentos, para não deixar eles confundirem vocês.

Mesmo na dúvida que manter acesa a chama.

Poeticamente podemos tudo, voar, fantasiar, imaginar...mas quando se trata de sentimentos reais, cuidado para não sofrer, não quero ver você triste.

abraços de carinho e admiração, sempre!

Rose Tunala disse...

As vezes é preciso se perder para se encontrar mais inteiro em si próprio.

Beijinhos, amigo... Saudades de você.

Ilaine disse...

Querido Luís!

Sim, é preciso dar alguns passos,é fundamental que a caminhada continue. É verdade que sempre haverão encruzilhadas. Também em nossos sentimentos. As emoções muitas vezes aprontam a maior confusão com a gente, não é?

Lindas palavras, meu poeta!
Beijo

Baby disse...

É preciso dizer qualquer coisa, o silêncio, que por vezes é de oiro, por vezes cava abismos desmedidos...
Um beijo.

ParadoXos disse...

tem muito amor no teu poema!!
um forte abraço

ŁǺи¥ disse...

Por vzs nos sentimos assim...
muito lindo! Parabéns!

Abraço

Uma aprendiz disse...

Já, já seu coração lhe revelará a direção.
Sem pressa, Caio.

beijinho

quando der, visite meu outro blog: poemasrosaxa.blogspo.com

Baby disse...

Talvez tenhas razão no teu comentário, mas os poetas têm destas coisas, quando falam em dias puros,tem que ser à maneira deles...rss.

Bom fim de semana, beijinhos.

Opuntia disse...

Mesmo sem saber o que dizer, disseste muito bem.


Bjos.

Philip Rangel disse...

Cofuso hein...qm nao fica ne??as vezes é melhor um tempo para por sempre tudo no lugar ne Luiz...

abraçao

Carla disse...

hoje passei para dizer-te do meu livro...In-finitos sentires que vão ser desenhados em papel. O lançamento é no próximo dia 27 de Junho, às 16 horas na Biblioteca de Valongo (Porto)...
beijo

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Pegue um sorriso
E doe-o a quem jamais o teve.
Pegue um raio de sol
E faça-o voar
Lá onde reina a noite.
Descubra uma fonte
E faça banhar-se
Quem vive no lodo.
Pegue uma lágrima
E ponha-a no ânimo
De quem não sabe lutar.
Descubra a vida
E narre-a a quem não sabe entende-la.
Pegue a esperança
E viva na sua Luz.
Pegue a bondade
E doe-a
A quem não sabe doar.
Descubra o AMOR
E faça-o conhecer o mundo.

( Mahatma Gandhi)

Desejo um lindo final de semana com muito amor e carinho...
Abraços Eduardo Poisl

Dois Rios disse...

Querido Luiz Caio,

Quando não se sabe bem o que dizer ou o que fazer é porque há um oceano de alternativas dentro de nós. Porém, para se manter a chama acesa, basta uma!

Beijos,
Inês