LUIZ CARLOS

LUIZ CARLOS
OLÁ! SEJA BEM VINDO/a AO DENTRO DA MINHA CABEÇA! SINTA-SE A VONTADE PARA PARTICIPAR, DEIXANDO O SEU COMENTÁRIO!

terça-feira, 9 de junho de 2009

Não sei...


hoje eu não sei bem o que dizer!
As emoções estão meio confusas!
Eu me perdi no meio do caminho
e não sei direito o rumo que devo tomar.
Mas mesmo assim, sem saber, eu sei...
É preciso que se dê alguns passos!
É preciso manter a chama acesa.
É preciso manter você por perto...
É preciso dizer o que eu não sei !

LUIZ CAIO

15 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO LUÍS, BELÍSSIMO POEMA...ADOREIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII.
ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANDINHA

Alice disse...

Lindo !! é preciso vir aqui e ler, e reler, e ler novamente , e se encantar sempre...


beijosssssss

paula barros disse...

Humm, confuso? As vezes isso não é bom, ou é um bom sinal. É melhor ficar mesmo atento aos seus sentimentos, para não deixar eles confundirem vocês.

Mesmo na dúvida que manter acesa a chama.

Poeticamente podemos tudo, voar, fantasiar, imaginar...mas quando se trata de sentimentos reais, cuidado para não sofrer, não quero ver você triste.

abraços de carinho e admiração, sempre!

Rose Tunala disse...

As vezes é preciso se perder para se encontrar mais inteiro em si próprio.

Beijinhos, amigo... Saudades de você.

Ilaine disse...

Querido Luís!

Sim, é preciso dar alguns passos,é fundamental que a caminhada continue. É verdade que sempre haverão encruzilhadas. Também em nossos sentimentos. As emoções muitas vezes aprontam a maior confusão com a gente, não é?

Lindas palavras, meu poeta!
Beijo

Baby disse...

É preciso dizer qualquer coisa, o silêncio, que por vezes é de oiro, por vezes cava abismos desmedidos...
Um beijo.

ParadoXos disse...

tem muito amor no teu poema!!
um forte abraço

Anônimo disse...

Por vzs nos sentimos assim...
muito lindo! Parabéns!

Abraço

Uma aprendiz disse...

Já, já seu coração lhe revelará a direção.
Sem pressa, Caio.

beijinho

quando der, visite meu outro blog: poemasrosaxa.blogspo.com

Baby disse...

Talvez tenhas razão no teu comentário, mas os poetas têm destas coisas, quando falam em dias puros,tem que ser à maneira deles...rss.

Bom fim de semana, beijinhos.

Opuntia disse...

Mesmo sem saber o que dizer, disseste muito bem.


Bjos.

Philip Rangel disse...

Cofuso hein...qm nao fica ne??as vezes é melhor um tempo para por sempre tudo no lugar ne Luiz...

abraçao

Carla disse...

hoje passei para dizer-te do meu livro...In-finitos sentires que vão ser desenhados em papel. O lançamento é no próximo dia 27 de Junho, às 16 horas na Biblioteca de Valongo (Porto)...
beijo

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Pegue um sorriso
E doe-o a quem jamais o teve.
Pegue um raio de sol
E faça-o voar
Lá onde reina a noite.
Descubra uma fonte
E faça banhar-se
Quem vive no lodo.
Pegue uma lágrima
E ponha-a no ânimo
De quem não sabe lutar.
Descubra a vida
E narre-a a quem não sabe entende-la.
Pegue a esperança
E viva na sua Luz.
Pegue a bondade
E doe-a
A quem não sabe doar.
Descubra o AMOR
E faça-o conhecer o mundo.

( Mahatma Gandhi)

Desejo um lindo final de semana com muito amor e carinho...
Abraços Eduardo Poisl

Dois Rios disse...

Querido Luiz Caio,

Quando não se sabe bem o que dizer ou o que fazer é porque há um oceano de alternativas dentro de nós. Porém, para se manter a chama acesa, basta uma!

Beijos,
Inês